3 SINTOMAS DA INCORPORAÇÃO
12 de agosto de 2021
Exibir tudo

ESTALAR DE DEDOS NA UMBANDA

O estalar de dedos na Umbanda chama a atenção de muitas pessoas no ambiente de terreiro e desperta dúvidas em outros tantos, desde leigos até quem já segue a religião umbandista.

Incorporações com Caboclos, Pretos Velhos, Baianos e até mesmo com Exus estalam os dedos ou batem os pés.

Alguns afirmam que são “cacoetes” dos espíritos, outros que é um vício comportamental dos espíritos e até mesmo que são movimentos desnecessários.

Mas você já procurou saber por que isso acontece? Qual o significado por trás do estalar de dedos na Umbanda?

Calma aí que a gente te explica tudo!

Saiba mais: Leia 30 Linhas e Entenda a Incorporação do Caboclo

ESTALAR DE DEDOS NA UMBANDA: É DESNECESSÁRIO?

Para quem não está inserido na religião umbandista ou para aqueles que estão envolvidos com outro segmento mediúnico pode achar que esses gestos são estranhos ou desnecessários.

Mas, assim como tudo que existe na Umbanda, essas gesticulações têm um significado real, espiritual e energético. 

No ambiente de terreiro tudo que é pautado no amor, respeito e bom senso tem uma fundamentação para existir.

Por isso, é importante não formar nenhuma opinião antes de entender as explicações lógicas.

QUAL O SIGNIFICADO DO ESTALAR DE DEDOS NA INCORPORAÇÃO?

A base espiritual de todo indivíduo é sustentada por uma estrutura chamada de chakras.

Os chakras são as setes aberturas do corpo astral que alimentam e dão vida ao espírito. 

Os chakras que estão localizados na palma das mãos e na planta dos pés são vitais à existência humana.

Então durante a incorporação do espírito, ele está atuando na estrutura energética do médium, banhando-o com o seu magnetismo.

Enquanto isso, os chakras do médium são bombardeados com essas energias que as absorvem e as concentram na palma das mãos e na sola dos pés.

Dessa forma, quando o guia estala os dedos no Monte de Vênus ativa o chakra frontal, que é o da mediunidade.

Assim, quando o metabolismo energético do médium está caindo, ele estala os dedos para aumentar o fluxo da energia no corpo e manter aquela conexão ativa.

Leia também: A mediunidade de Umbanda é a mesma da Espírita?

O ESTALAR DE DEDOS NO PASSE TEM ALGUMA FUNÇÃO?

Na prática, o estalar de dedos tem a função básica de ativar, absorver e dissipar energias negativas.

Quando estão trabalhando no passe, é comum que os médiuns façam alguns gestos de colocar a mão na direção de pontos do corpo, puxe e estrale os dedos rapidamente repetidas vezes.

Graças a ação absorvente que está ativa na palma das mãos, ao fazer o movimento de puxar, o guia retira toda a sujeira energética ligada às pessoas.

E, ao estalar os dedos, o médium consegue jogar essa energia para outra realidade para ser eliminada.

MAS, POR QUE BATER OS PÉS?

Algumas entidades fazem com que os médiuns fiquem com o pé levantado.

Isso dá margem para a criação de teorias como a de que o espírito recebeu uma flechada no pé e, por isso, ele vem manco.

Entretanto, essa é uma crença errônea na Umbanda, já que os espíritos que os umbandistas acreditam e vivenciam são extremamente evoluídos e não estão presos em questões da matéria. 

Um clarividente apurado pode constatar que quando o médium incorporado fica com o pé no ar, e em um determinado momento bate o pé no chão, faz com que o chão vibre e raios energéticos sejam projetados em diversas direções. 

Outra justificativa para esse gesto, é que ao absorver as energias do meio, elas se concentram na sola do pé e quando ele bate, elas são anuladas. 

Agora que você já sabe o motivo que tudo isso acontece, é importante ressaltar que é preciso ampliar a visão e perceber as coisas dentro do terreiro de uma maneira mais profunda. 

“Dentro do terreiro de Umbanda tudo tem fundamento! Pense nisso, olhe para tudo com olhos de quem quer aprender e vivencie uma experiência incrível com a espiritualidade!”

– Pai Rodrigo Queiroz

Participe da Semana Médium de Terreiro! É grátis!

Texto:

Sarah Gomes

Imagem:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.