‘A descoberta da Umbanda EAD floresceu aqui na gente e em nosso terreiro’

Hoje o Blog além de levar informação da fonte, vai contar também a história (incrível) do CUMOA – Centro de Umbanda Mística Oxum Apará, localizado no bairro do Piatã em Salvador capital do estado baiano.

Quem fala com exclusividade sobre isso à nós é a Taiane Macedo, filha carnal de Hebe Macedo fundadora e Mãe de Santo da casa. Atualmente Taiane é Mãe Pequena do Cumoa e comanda os trabalhos junto de Pai Raimundo Rosário, médium em atividade a quase 30 anos à quem ela atribui grande parte do crescimento do Cumoa e ainda quem “topou suas loucuras”, conta referindo-se ao ingresso e a propagação dos estudos do Umbanda EAD aos filhos da casa. 

Todos os cursos a gente vem fazendo, eu e Pai Rai estamos fazendo a Jornada, a ideia é da gente, em 2019 fazer o Sacerdócio e nós meio que “adotamos” a Umbanda Sagrada digamos assim, que eu sei que não tem uma terminologia só que nós acabamos falando.. que é essa escola de Rubens, que vem com Cumino, com o Rodrigo e nós estamos adotando aqui no Cumoa. Estamos esvaziando o nosso copo, porque tem muita coisa que é diferente até por uma questão cultural, mas a gente tem tentado esvaziar um pouco para absorver todo esse conhecimento.

Mãe Taiane Macedo – dirigente do Cumoa

 

Mãe Taiane (43) nasceu na Umbanda e diz que não sabe o que é outra religião. Nos 48 anos de existência do Cumoa, ela relata também que o Centro já percorreu Salvador, começando com sede na Cidade Baixa área litorânea do município, chegando até Itapuã que segundo ela fica no outro extremo da cidade.

Em todos esses anos muitos eventos fizeram parte da história do Cumoa, dentre eles a pausa nos trabalhos entre 2014 e 2015 em razão de problemas de saúde.

Há 5 anos atrás eu tive câncer de mama e quando eu terminei a quimio, minha mãe teve câncer de mama e então começou o tratamento dela, foi quando eu parei para cuidar dela, mas até então o centro estava funcionando a todo vapor e bem pequeno. Mas, quando minha mãe terminou a quimo, meu irmão teve câncer de pulmão e veio a falecer.

O irmão de Taiane recebeu o diagnóstico junto da estimativa de 6 meses à 1 ano de vida, “eu juntei com minha mãe e a gente resolveu fechar o Cumoa pela primeira vez, a gente não tinha condições naquele momento de cuidar de ninguém“.

Após isso mãe e filha começam morar juntas e depois de um período de um ano sem atendimentos o Cumoa ressurge timidamente na casa de Hebe Macedo que estava desocupada.

Nós reabrimos em Junho de 2015, pequenininho 30 pessoas, na outra semana 60, na outra 90, na outra 100 chegou uma hora que a gente começou a ter problema com o vizinho..

Após a doença Taiane se desligou da empresa onde trabalhava como publicitária e resolveu mudar tudo em sua vida, foi então que a reabertura do Cumoa acontece com uma “nova cara”. “Eu sempre tive minha existência dentro da Umbanda, mas sempre questionando muito a questão do estudo, do desenvolvimento e antigamente você não tinha uma teoria como se tem hoje, você tinha muito ‘faça isso, porque é assim‘ ” revela a dirigente e idealizadora do Umbahia.

Na nova fase do Cumoa sua mãe já não está tão presente e Taiane toma à frente dos trabalhos junto de Pai Rai.

Eu já estava dentro minha irmã, de corpo e alma. Ela (mãe de Taiane) consagrou, à mim e a Pai Rai, como Mãe Pequena e Pai Pequeno, mas hoje, a gente acaba sendo mesmo os dirigentes porque ela vai muito pontualmente. Então eu comecei fazer alguns projetos dentro do Cumoa… conheci o Alexandre Cumino no final de 2015 e em 2016 a nosso convite ele veio fazer uma palestra Cumino no Cumoa e começou uma grande amizade. Também a descoberta do Umbanda EAD, porque é uma coisa que eu sempre cobrei muito aqui, a questão da teoria.. da literatura.

Filha de Osmar Macedo um dos inventores do trio elétrico, Mãe Taiane sempre esteve em meio aos grandes carnavais baianos e trabalhou na organização de diversos eventos, assim como na assessoria de bandas locais, se tornando referência nessas habilidades.

O I Encontro de Umbanda na Umbanda – Umbahia surge assim, juntando as duas paixões de Taiane e a sua vontade (e a de outros representantes do Cumoa) de “fazer um grande evento, porque aqui pra você ter ideia o Candomblé é muito forte, as pessoas não sabem o que é Umbanda e se sabem confundem muito com o Candomblé. Queremos fazer com que a Umbanda tenha voz de vez aqui em Salvador também, que nós tenhamos nosso lugar ao sol” afirma.

Para isso ela ressalta a importância dos estudos da religião para o reconhecimento, respeito e expansão da Umbanda como um todo. “O Cumoa hoje é referência nessa parte de estudo, de desenvolvimento, nós também fazemos cursos presenciais aqui e estamos muito felizes com esse crescimento da Umbanda.”

O evento que acontece no próximo mês tem a intenção de congregar diversos terreiros e denominações religiosas em torno de uma programação que falará sobre o que é Umbanda e a sua relação com o cotidiano de adeptos e não adeptos na palestra de Pai Alexandre Cumino, apresentará Zé Pelintra em um momento com Pai David Dias e ainda terá o lançamento oficial do livro Caridade: Amor e Perversão com palestra de Alexandre Cumino e Rodrigo Queiroz.

Para o encerramento o evento contará com o show de Ana Mameto da Banda Mametto que também é filha de santo do Cumoa, e ainda com a participação especial de Rita Beneditto com a apresentação do tecnomacumba.

Nós contamos com a parceria de outro terreiro também que é o Maria Nossa Senhora da Piedade e Cavaleiros de Jorge, de Pai Rafael que é um querido e tem ajudado muito a gente a congregar na verdade. Hoje nós estamos com quase 25 terreiros inscritos no evento e ai a ideia foi essa mesmo, de bater na porta do governo, prefeitura e fazer uma coisa não do Cumoa e sim, da Umbanda, agregando a todos.

Taiane conta que até o momento mais de 800 pessoas já se inscreveram entre eles adeptos do Candomblé, Umbanda e Espiritismo, mas que espera que outras denominações acolham o convite.

O QUE?
QUANDO?
18 de Novembro (sábado)
ONDE?
Grand Hotel Stella Maris

Endereço: R. Prof. Felipe Tiago Gomes, 5 – Praia do Flamengo, Salvador – BA

QUE HORAS?
Das 9hs às 18hs
INSCRIÇÃO:
Pelo site >>  www.umbahia.com.br <<
R$20,00 ou 3 kg de alimentos (não perecíveis)
*VAGAS LIMITADAS*
ATRAÇÕES:

 

Texto e Entrevista:
Júlia Pereira
Imagem:
Laboratório da Notícia
Estudos com inscrições abertas pelo
umbandaead.com.br
e-mail:
contato@umbandaead.com.br
blog@umbandaead.com.br
Tel (14) 3010-7777
obs: os links desse texto estão sujeitos a alteração em razão da disponibilidade do estudo e/ou produto
Pedimos para que os irmãos que desejem compartillhar os textos desse blog creditem a fonte lincando para o nosso endereço.
Informação da fonte!

1 comentário

  1. Concordo plenamente com a Taiane Macedo. Estudar é muito importante. Só as práticas e o dizer: ” É assim porque é assim!” ou ” Ainda não é hora!” já não cabe mais na Umbanda. Se se proíbe ou se faz mistério, transformam-se as informações em algo “oculto”, privilégios de poucos (escolhidos), fazendo com que as pessoas acabem ou se desinteressando ou levando a diante informações distorcidas de algo que deve ser cada vez mais cristalina. Nesse caso a UMBANDA. Uma religião linda, livre de dogmas, cheia de Amor para dar. Parabéns Taiane. Continue nesse trabalho lindo, disseminando a nossa amada Umbanda.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s