7 ERVAS CONTRA OLHO GORDO

Perguntamos a uma umbandista o que ela entendia como olho gordo e a primeira resposta foi “eu entendo o olho gordo, como o que eu coloco em cima dos outros.. as energias negativas que eu projeto no outro”.

E você leitor? O que entende como olho gordo? 

A resposta da nossa umbandista chama a atenção, afinal, o que mais vemos por entre as manifestações nas redes sociais são publicações semelhantes a da imagem abaixo:

inveja_01

 

Lembrou de alguém do seu facebook? (caso você tenha o costume de publicar frases do tipo, por favor, continue lendo!). Pois é, e isso não se limita somente a esse ambiente não, os pedidos para desviar de si o “olho gordo” estão entre as coisas mais solicitadas as entidades dentro dos terreiros de Umbanda.

A resposta da umbandista citada, nada contra a maré de uma realidade de pessoas que concebem o olho gordo como algo que só acontece de outras pessoas para ela. À essas, cria-se uma neura em cima da estigma “tem inveja do que eu tenho e querem me derrubar”.

Mãe Stella de Oxóssi, 91, Ialorixá do Ilê Axé Opó Afonjá, em texto publicado pelo jornal A Tarde – onde escreve como colunista – relata que na vivência com o Jogo de Búzios a queixa que mais recebe é de pessoas que são vítimas de inveja. No artigo ela comenta “engraçado é que nunca, nem um só dia sequer, alguém chegou pedindo-me ajuda para se libertar da inveja que sentia dos outros. Será que só existem invejados? Onde estarão os invejosos?

 

Quando consulto o oráculo e ele me diz que os problemas apresentados não são decorrentes de inveja, a pessoa fica enfurecida

Mãe Stella de Oxóssi, ialorixá do Ilê Axé Opó Afonjá

 

Você deve tá pensando “nossa, eu cliquei no texto para saber quais ervas eu uso contra o mau olhado que estou sofrendo e até agora nada!”. Bom, para saber o que fazer é preciso entender por que fazer, correto? E para entender isso, vamos adentrar um pouco mais nos conhecimentos trazidos pelo Mestre e Erveiro da Jurema, Pai Adriano Camargo.

O que é Olho Gordo?

Adriano Camargo define no livro Rituais com Ervas a interferência mental como um tipo de magia negativa. Na obra ele também destaca que quando pensamos mal de alguém ou quando, até mesmo as amamos, estabelecemos padrões de energia que se transformam em algo manipulável.

É essa energia manipulável e quando de ordem negativa será a “obra prima” de seres mal intencionados que procuram realizar o mal na vida de outras pessoas, utilizando-se da magia (amuletos, rituais e etc).

Por esse motivo quando estamos em “sintonia” com essas energias abrimos caminho para que elas adentrem cada vez mais em nossas vidas. Para entender de uma maneira prática, quanto mais desejamos coisas ruins aos outros, mais vítimas somos – pois estamos sucetíveis – da inveja alheia.

 

Como não podemos evitar as influências das pessoas, precisamos manter atos e pensamentos elevados, que nos colocam em uma frequência vibratória superior e protegidos de qualquer ataque energético

Adriano Camargo

Se o Olho Gordo realmente existe, como devo me proteger?

Concluímos então que o “olho gordo” é o ato de desejar coisas ruins para outras pessoas em função de sentimentos como o ciúmes e a inveja, mas isso não quer dizer que nós não podemos nos proteger e muito menos que a inveja só parte do outro.

Quando algo desse gênero afligir alguns dos seus sentidos, sejam eles emocional, mental ou físico, busque entender a cerne disso, reveja suas ações e procure também manter o seu corpo espiritual limpo de cargas negativas.

E falando sobre corpo espiritual limpo já nos ligamos a ação magística das ervas! São elas que irão manter o seu espírito higienizado de pensamentos negativos, tal como inveja, mau olhado ou olho gordo e para essas finalidades pesquisamos 7 ERVAS que irão te ajudar a se proteger das magias mentais externas:

 

1. QUEBRA DEMANDA – quebrador de demandas, magias mentais projetadas. Indicada para proteção de ambientes, banhos, benzimentos e bate-folhas.
Quebra Demanda
2. PINHÃO ROXO – consumidor de magias ativas e mentais focados em práticas de dominação hipnótica. Ótima pedida para ser cultivado em vasos grande e jardins, protegendo o ambiente.
Pinhão Roxo
3. ARRUDA – alto poder de limpeza em banhos, defumações ou galhos para o benzimento. Pode ser usada fresca ou seca. Poder consumidor e purificador.
Arruda
4. GUINÉ – limpeza mais pesada, erva muito temida pelo baixo astral. Usa-se em banhos, defumações, pós, bate-folhas e benzimentos.
Guiné
5. ERVA-DE-BICHO – poderoso limpador e solvente de acúmulos energéticos negativos causadores de doenças físicas. Usada no preparo de assentamentos e limpeza de altares.
Erva-de-bicho
6. AROEIRA – Altíssimo poder de limpeza, em banhos e defumações e principalmente em “bate-folhas” ou sacudimentos para purificação. Atenção:: existe um tipo de aroeira chamada aroeira brava que pode causar urticarias e alergias pelo simples ato de tocar a pele. A indicada no uso de trabalhos é a Schinus terebinthifolia e Schinus molle.
Aroeira
7. MAMONA – consumidor de focos energéticos doentes e acúmulos mentais. Uso indicado como “base de prato” para forrar oferendas religiosas.
Mamona

 


 

 

Leitores, para quem quer entender mais sobre como realizar os rituais, quais ervas usar, com quais objetivos, como se relacionar com elas dentre outros fundamentos indicamos o estudo Ervas na Umbanda do Mestre da Jurema Adriano Camargo.

*Lembrando* que essa é última vez que as aulas serão disponibilizadas nesse formato e para encerrar esse ciclo:: quem ingressar em Ervas na Umbanda também terá acesso a extensão do estudo > Rituais com Ervas <  que é um super complemento para quem deseja por em prática tudo o que foi aprendido.

Acesse > estude.umbandaead.com.br/ervas_na_umbanda < e saiba como participar.

 

Texto e Imagem: Júlia Pereira

Fonte de pesquisa: as descrições das ervas foram retiradas do livro Rituais com Ervas, Editora Livre Expressão, Adriano Camargo. Clique aqui e 

 

BLOG_LOGO_00000

Cursos com inscrições abertas pelo
http://www.umbandaead.com.br
e-mail:
contato@umbandaead.com.br
blog@umbandaead.com.br
Tel (14) 3010-7777
obs: os links desse texto estão sujeitos a alteração em razão da disponibilidade do curso e/ou produto
Pedimos aos irmãos que desejem compartillhar os textos desse blog para que creditem a fonte lincando para o nosso endereço
Compartilhe informação Umbandista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s