OXALÁ É JESUS?

“É cristão por princípio e sentimento, espírita por intuição e que adora as coisas da magia”

Das Macumbas à Umbanda, José H. Motta Oliveira

Essa frase simples e sucinta possui uma representatividade singular para o contexto da formação da Umbanda e se você veio até esse texto em busca da explicação sobre a relação do Orixá Oxalá e Jesus é pelo sincretismo que envolve e marca a Umbanda como autêntica religião brasileira que nós iremos destrinchar o assunto.

Oxalá é outro nome para Jesus? 

À essa pergunta escutamos um belo e sonoro NÃO. Como assim blog? Vamos explicar..

Para Jesus irão se criar diversas leituras da sua presença, por exemplo, para o católico ele está como a segunda pessoa da trindade, que seriam as três presenças de Deus manifestados. Pai que corresponde ao Criador, Jesus (que também é Deus) o filho encarnado e o Espírito Santo que é a manifestação (como o nome mesmo já diz) do Espírito de Deus em seus filhos.

E assim Jesus pode ser o Messias para algumas crenças, o Mestre para outras e o Profeta em outras tantas. Na maioria das casas de Umbanda Jesus é entendido como Oxalá e isso acontece em razão das semelhanças entre as qualidades e simbolismos que acabam por aproximar essas duas presenças dentro dessas crenças.

Por exemplo Jesus é a expressão máxima da fé em Deus e Oxalá além de ser o Orixá que ativa a fé dos seres é considerado o primeiro dos Orixás, sendo que na maioria dos Congás ocupa a posição mais alta desse espaço.

No entanto, Oxalá é uma divindade de origem nagô-iorubá e nessa cultura é ele o Rei de Ifé e o responsável pela criação do mundo. Quando trazemos ele para o contexto das religiões nascidas em solo brasileiro ele irá ser entendido de outras formas (assim como falamos sobre Jesus) e até mesmo dentro da Umbanda ele pode ter compreensões diversas por entre as vertentes disseminadas.

Contudo, Oxalá é Orixá e na Umbanda Orixá é uma qualidade ou fragmento de Deus e como tal não pode ser Jesus, pode sim – como dito – ter particularidades em comum, mas o culto à Oxalá se percebe na Umbanda enquanto divindade de Deus.

Já à Jesus se estabelece na Umbanda a relação de mestre maior, aquele que encarnou para trazer a boa nova e para promover revoluções na concepção de mundo vivida naquele momento.

A fé que eu tenho no meu Orixá..

Quanto a outras crenças que cultuam Oxalá teremos a leitura do Candomblé, que também se difere da Umbanda e como bem explica Pai Alexandre Cumino no estudo em  Orixás na Umbanda, acontece porque Pai Oxalá não se limita as crenças estabelecidas e é maior que as religiões e suas doutrinas, sendo interpretado de maneiras diferentes por entre elas.

Jesus nessa perspectiva pode ser um filho de Oxalá, um chefe de falange, um mestre ascencionado, um avatar, um espírito em alto grau hierárquico que encarnou já com algum tipo de missão designada, mas ele não se configura como a divindade ou o sentido e o mistério de Deus que rege a fé das pessoas como um Orixá. É comum que as religiões humanizem suas divindades atribuindo aspectos vividos por nós nessa realidade à elas.

Jesus Cristo é a humanização histórica mais conhecida por entre as religiões do mistério de Deus, tido a nós como Oxalá e que emana de si a busca pelo encontro com o Sagrado.

As histórias sobre a passagem de Jesus em terra referem-se exatamente a isso, ao jovem Mestre que conduzia seus discípulos a se transcender em si, reavivando neles a fé em si, em Deus e na manifestação do Pai e cada um de nós.

Esse mistério é tão grande que não se conceitua apenas como a fé nas crenças ou nas religiões, mas a fé na sua verdade, na sua realidade e isso é exemplificado até na função de Oxalá na criação.

Nos mitos o Orixá é descrito como o primeiro dos Orixás, é ele quem cria a realidade do nosso planeta para que depois os outros Orixás possam gerar, ordenar, renovar…

Quem dá sustentação à sua verdade? Quem dá sustentação à sua fé? Quem é aquele que é o regente da verdade, da fé, da esperança, daquilo que acalenta os corações e traz paz pra você, para sua comunidade e para todos aqueles que buscam algo maior? É Oxalá.

Alexandre Cumino, em Orixás na Umbanda


Epa Babá Oxalá!! Salve o Rei! 

 

Entenda sobre o universo dos Orixás e como eles são entendidos na sua religião no estudo Orixás na Umbanda com Pai Alexandre Cumino.

 

Texto:

Júlia Pereira

Imagens:

Oxalá: Jesus Miguel Quintana, retirada pinterest (acesso aqui)

Jesus Cristo: retirada da internet (acesso aqui)

 

Estudos com inscrições abertas pelo
umbandaead.com.br
e-mail:
contato@umbandaead.com.br
blog@umbandaead.com.br
Tel (14) 3010-7777
obs: os links desse texto estão sujeitos a alteração em razão da disponibilidade do estudo e/ou produto
Pedimos para que os irmãos que desejem compartillhar os textos desse blog creditem a fonte lincando para o nosso endereço.
Informação da fonte!

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s