CONHEÇA A HISTÓRIA DO PRIMEIRO JORNAL DE UMBANDA SAGRADA

A primeira edição do JUS continha três páginas impressas em preto e branco, duas pequenas imagens e uma vontade muito grande de falar sobre Umbanda.

Seu fundador, o sacerdote e diretor do Umbanda EAD Pai Rodrigo Queiroz tinha 18 anos quando decidiu que os adeptos da religião precisavam se informar sobre seus fundamentos e que esse acesso seria facilitado por um meio de comunicação. Embora singelo e muito tímido em sua estética, já trazia manchetes incisivas e um conteúdo reflexivo que se faz pertinente ao debate – desde a primeira edição –  até hoje.

captura-de-tela-2016-12-02-as-1-21-12-pm
Ano 1 Ed 000 Nov 1999

Atualmente é possível observar uma grande diversidade nos recursos e tipos de textos que exprimem os fundamentos sobre Umbanda. A presença da religião nas novas mídias (principalmente nas redes sociais) é um “fenômeno” cada vez mais recorrente e expressivo nos ambientes digitais.

Desta forma, vive-se um novo momento para essa realidade, entretanto, em 1999 quando o JUS inicia sua história, pouco ainda se encontrava de material (salvo alguns poucos livros) como via de entendimento dos ritos e credos da Umbanda – mais precisamente sobre a Umbanda Sagrada – que como hoje, se confere amplamente subjugada e mistificada pela sociedade em geral.

E foi à essa missão de desconstruir o “não dito”, que Rodrigo Queiroz (nesse momento ainda sem o “Pai” junto ao nome) se propõe a criar e somar a religião com a fundação do JUS.

Eu usava uma impressora hp jato de tinta do meu pai para imprimir 50 exemplares do JUS. Deixava nas duas únicas lojas de artigos religiosos da cidade (Bauru – SP) e quando voltava – depois de um longo período – nenhum exemplar tinha saído do lugar e assim foi por um bom tempo

Rodrigo Queiroz – Diretor-Fundador do Jornal de Umbanda Sagrada

Hoje a tiragem do jornal é de 26 mil exemplares, que são distribuídos por entre os terreiros parceiros do JUS (nesse momento o jornal conta com mais de 10 parceiros distribuídos pelo país) e alguns acompanham os produtos da loja online Terra Mystica. A distribuição é e sempre de aconteceu de forma gratuita e livre de anúncios, sendo que a sua última edição foi a  198 do mês de Novembro que traz na capa a ilustração do artista Marcelo Moreno e retrata o momento da anunciação da Umbanda (imagem abaixo).

captura-de-tela-2016-12-02-as-10-40-04-am
JUS Ano XVII. Nº198 – Novembro de 2016

Seu diretor responsável e também à quem devemos a graça da permanência viva e a constante reinvenção do segmento há quase 15 anos é Pai Alexandre Cumino, que desde os primórdios embarcou junto nessa jornada e acabou por continuar o trabalho iniciado – como dito – por Pai Rodrigo Queiroz.

A imersão nesse trabalho é tão profundo alguns dos livros de Alexandre Cumino, tal como Umbanda e o Umbandista e Umbanda Não é Macumba, derivam do jornal sendo eles copilados dos textos publicados para o meio.

Então leitores, é com muito prazer que anunciamos que o JUS tá de cara nova! Agora além da versão em PDF foi lançado ontem (01/12) o SITE jornaldeumbandasagrada.com.br exclusivo do jornal, onde o leitor pode ter acesso à todas as edições do tabloide e também ao Blog!

De 1999 para 2016 muita coisa mudou e você precisa saber dessas novidades!!

Axé leitores!! Viva o JUS 🎉

Texto: Júlia Pereira

Imagem: Divulgação JUS

BLOG_LOGO_00000

Cursos com inscrições abertas pelo
http://www.umbandaead.com.br
e-mail:
contato@umbandaead.com.br
blog@umbandaead.com.br
Tel (14) 3010-7777
obs: os links desse texto estão sujeitos a alteração em razão da disponibilidade do curso e/ou produto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s