Saudações aos Orixás na Umbanda

Os orixás contemplados nesse texto são os descritos nas 7 Linhas de Umbanda Sagrada que é o estudo desenvolvido por Pai Rubens Saraceni. Isso não quer dizer que só existam essas saudações ou esses orixás, cada casa manifesta sua fé de uma maneira, então se a sua forma for diferente da que colocamos aqui aproveite para comentar e compartilha-la com o blog! 

Oxalá

Termo: Epá Babá Oxalá/ Exê Babá

Significado: “O senhor realiza” “Obrigado Pai”

Expressão corporal: braços abertos com as mãos espalmadas para o alto, gesto semelhante a imagem de Jesus/Oxalá muito presente nos terreiro de Umbanda.

Logunã – Oiá Tempo

Termo: Olha o tempo, minha mãe!

Significado:

Expressão corporal: movimento circular de uma das mãos apontando para o alto com o dedo indicador.

Oxum

Termo: Ora ie iê ô

Significado: Olha por nós mãezinha

Expressão corporal: mãos espalmadas e na altura da cintura fazendo movimentos circulares simultaneamente. Gestos semelhantes a posição de “ninar” um bebê.

Oxumaré

Termo: Arroboboi

Significado: Salve o Senhor das águas supremas!

Expressão corporal: juntar de mãos (não cruzar os dedos) à frente do peito e dando uma pequena distância do corpo.

Oxóssi

Termo: Okê Arô

Significado: Dê seu brado, Majestade!

Expressão corporal: punhos cruzados com o dedo indicador extendido, mãos na altura da cintura.

Obá

Termo: Akiro Obá Yê!

Significado: Eu saúdo o seu conhecimento, Senhora da Terra!

Expressão corporal: tocar o chão três vezes com as mãos.

Xangô

Termo: Kaô Kabecilê

Significado: Permita-me vê-lo, Majestade!

Expressão corporal: é comumente saudado com movimento das mãos sob a cabeça. Você provavelmente vai ver alguém tocando a testa com a mão direita, ao mesmo tempo que a esquerda toca a nuca. Faz-se esse movimento, alternando entre mão direita/testa, mão esquerda/nuca e mão direita/ nuca, mão esquerda/ testa.

Em algumas casa a saudação continua com os quatro dedos tocando simultaneamente o lado direito e esquerdo da cabeça, na região acima das orelhas e em seguida espalmando-os em direção ao alto.

Egunitá

Termo: Kali Yê, minha Mãe!

Significado: Salve a Senhora Negra, Minha Mãe!

Expressão corporal: com uma das mãos pra levantada faz-se movimentos para frente e para trás três vezes.

Ogum

Termo: Patakori Ogum / Ogum Yê!

Significado:  Salve o cortador de cabeças! Salve Ogum!

Expressão corporal: braços cruzados a frente do peito, com os dedos minguinho, anelar e do meio encolhidos e os indicadores e polegares estendidos.

Iansã

Termo: Eparrei!

Significado: Salve o raio, Iansã!

Expressão corporal: sabe o movimento que você faz com as mãos quando quer indicar que algo está “mais ou menos”? faça ele com uma das mãos para o alto e em um movimento mais rápido e você terá uma das saudações mais empregadas a Mãe Iansã.

Também é comum vermos mãe Iansã ser saudada com as mãos espalmadas acima da cabeça, com movimentos de “mãos trêmulas” e fazendo movimentos circulares.

Obaluaiê

Termo: Atotô

Significado: Peço Quietude meu Pai!

Expressão corporal: fazer uma cruz no chão com a mão direita.

Nanã Buroquê

Termo: Saluba Nanã

Significado: Salve a Mãe das águas Pantaneiras!

Expressão corporal: braços abertos e mãos espalmadas para baixo, fazendo movimento circulares.

Iemanjá

Termo: Odoyá/ Odocyabá

Significado:  Salve a Senhora das águas!

Expressão corporal: mãos espalmadas para cima na altura da cintura fazendo movimentos circulares ou apenas braços abertos com as mãos para o alto.

Omolu

Termo: Atotô

Significado:  Peço quietude, meu Pai!

Expressão corporal: fazer uma cruz no chão com a mão esquerda.

Esquerda da Umbanda
Exu

Termo: Laroiê/ Mojubá

Significado: Vós sois grande, Exu! / Eu me curvo a ti, vós sois poderoso Exu!

Expressões corporais:

1 – dedos cruzados com as mãos voltadas para o solo (foto do post), executando movimentos circulares.

2 – mãos parcialmente fechadas (encolhidas) apontada para o solo, dedos retraídos. Encosta-se as costas das mãos ou os punhos um no outro, três vezes.

3 – com os punhos cruzados bater as costas das mãos três vezes no chão.

Pombagira

Termo: Laroiê/Salve as moças/ Pombagira Saravá

Significado: Salve Pombagira

Expressão corporal: idem item 1 Exu

Exu Mirim

Termo: Laroyê, Exu Mirim

Significado:  Olhe por mim, Exu Mirim!

Expressão corporal: idem Exu

 

Esse é um dos assuntos da experiência em Umbanda para Iniciantes onde Pai Rodrigo Queiroz vai esclarecer sobre esse e outros questionamentos indispensáveis ao umbandista.

O que é tronqueira de Exu? Por que se saúda a esquerda virado de costas para o congá/altar? O que é Orixá? O que é entidade? Por que falam daquela forma? Por que se portam assim? No que a Umbanda acredita? bom, é partindo das dúvidas frequentemente enviadas aos nossos canais que Umbanda para Iniciantes realiza-se em uma narrativa que ao mesmo tempo que é de fácil compreensão é imensamente rica em seu conteúdo.

Texto: Júlia Pereira

Imagem: Pedro Belluomini

Fonte de Pesquisa: Manual Doutrinário Ritualístico e Comportamental Umbandista

BLOG_LOGO_00000

Cursos com inscrições abertas pelo
http://www.umbandaead.com.br
e-mail:
contato@umbandaead.com.br
blog@umbandaead.com.br
Tel (14) 3010-7777
obs: os links desse texto estão sujeitos a alteração em razão da disponibilidade do curso e/ou produto

10 comentários

  1. Bom dia importante ter blogs assim com conteúdos de fácil entendimento nos da uma visão melhor do que e a umbanda e sua real necessidade pra busca no meu ver num bem mais interior sou Silva de Artur nogueira temos aqui reuniões toda quinta oxalá abençoe vcs todos e parabéns pela iniciativa

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s