História afro-Brasileira será matéria obrigatória em Uberlândia

Sáb, 16 de Abril, 2016

O ensino de História e Cultura Africana e Afro-Brasileira será obrigatório nas escolas do Município de Uberlândia a partir deste ano. A assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) ainda neste mês vai garantir o cumprimento de Lei Federal que determina a aplicação do conteúdo na rede municipal de ensino.

Um decreto ainda vai transformar o Dia da Consciência Negra em ponto facultativo. A decisão foi tomada pelo Poder Executivo do Município em reunião na noite de terça-feira (12), durante o Fórum de Promoção de Igualdade Racial (Fopir).

O pedido feito pelo Ministério Público Federal (MPF) para que a Lei Federal 10.639 de 2003 seja cumprida em Uberlândia data de 2007, mas só agora o TAC será assinado por representantes da Superintendência de Promoção de Igualdade Racial (Supir), MPF e o prefeito Gilmar Machado. Todo o processo deve durar 15 dias, entre a análise da aplicabilidade da legislação no Projeto Político-Pedagógico (PPP) local, que será feita por uma comissão recém-formada, e as assinaturas.

De acordo com a superintendente da Supir, Antonia Aparecida Rosa, a legislação federal é cumprida parcialmente em Uberlândia, mas nunca tinha sido regulamentada. “Muitas escolas desenvolvem um bom trabalho na aplicação desse conteúdo (História e Cultura Africana e Afro-Brasileira), mas algumas não conseguiram isso”, afirmou. Ela disse que o resultado foi comemorado como vitória do movimento negro como um todo.

20 de novembro será ponto facultativo

A data 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, será ponto facultativo no Município de Uberlândia. A promessa de que um decreto será criado nos próximos dias foi dada pelo prefeito Gilmar Machado durante o Fórum de Promoção de Igualdade Racial (Fopir).

A legislação não define um limite de pontos facultativos. E, se colocado em prática ainda em 2016, este ponto facultativo será o terceiro cuja iniciativa é do Município. Os outros são o dia de Nossa Senhora do Carmo (16 de julho) e o Dia do Servidor (28 de outubro).

Em relação aos feriados, cada Município pode criar quatro deles. Em Uberlândia, há a Sexta-Feira da Paixão, cuja atribuição é passada aos Municípios, Corpus Christi, Nossa Senhora da Abadia (15 de agosto) e o aniversário da cidade (31 de agosto).

Fonte: Correio de Uberlândia

A imagem da publicação refere-se a serie de Cordéis desenvolvida pela escritora e cordelista Jarid Arraes. Saiba mais >> jaridarraes.com

Umb_EAD_2014

Cursos com inscrições abertas pelo

umbandaead.com.br

e-mail:

contato@umbandaead.com.br

blog@umbandaead.com.br

Tel (14) 3010-7777

obs: os links desse texto estão sujeitos a alteração em razão da disponibilidade do curso, site e/ou produto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s