Morte e reencarnação

Dom, 14 de Fev, 2016 

Morrer!… Morrer!… A gente crê que esquece,

Pensa que é santo em paz humilde e boa,

Quando a morte, por fim, desagrilhoa

O coração cansado posto em prece.

Mas, ai de nós!… A luta reaparece…

A verdade é rugido de leoa…

A floração de orgulho cai à toa,

Por joio amargo na Divina Messe.

No castelo acordado da memória

ruge o passado que nos dilacera,

Quando a lembrança é fel em dor suprema…

Sempre distante o céu envolto e  glória,

Porquanto em nós ressurge a besta fera

Buscando, em novo corpo, nova algema.

Poema retirado do livro: O espiritismo, a Magia e as Sete Linhas de Umbanda / Leal de Souza: 2º ed, Editora do Conhecimento, 2008

 

Umb_EAD_2014
Cursos com inscrições abertas pelo
www.umbandaead.com.br
e-mail:
contato@umbandaead.com.br
blog@umbandaead.com.br
Tel (14) 3010-7777

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s