Resultados Campanha Médico Sem Fronteiras
28 de dezembro de 2015
Mito Mãe Iemanjá de Pierre Verger
30 de dezembro de 2015
Exibir tudo

Pular 7 ondas, o rito umbandista que o brasileiro pratica sem saber

Como já dito no texto: Pra você que usa branco na virada, isso é coisa de umbandista! vários preceitos que tangem os ritos em homenagem a mãe Iemanjá foram emprestados da cultura umbandista para servir de “simpatia” de final de ano para pessoas que seguem outras vertentes religiosas   

Quanto ao pular setes ondas na virada também não foi diferente. Cada linha umbandista concebe o rito de uma forma, significando na maioria das vezes purificação do corpo e espírito, devoção aos orixás em especial à Iemanjá, considerada rainha do mar e donas das águas salgadas.

Também existe a relação com as Sete Linhas de Umbanda constituídas pelos sete Orixás (Oxalá, Oxum, Oxóssi, Xangô, Ogum, Obaluaiê e Iemanjá).

Na Umbanda Sagrada essa analogia é feita considerando os Sete Tronos de Deus (Fé, Amor, Conhecimento, Justiça, Ordem, Evolução e Geração).

No entanto, não se sabe ao certo a data oficial em que essa ritualística começou e como já dito o seu significado varia de terreiro para terreiro, dependendo de seus entendimentos, ritos, linhas e perspectivas sobre a religião.

Contudo pular 7 ondas na mudança de ano alude a preceitos e homenagens inicialmente prestadas pelos umbandistas que consideram o mar a morada de mãe Iemanjá, onde tudo se gera, purifica e renova.

Texto: Júlia Pereira

Fonte de pesquisa: A história da Umbanda – uma religião brasileira, Alexandre Cumino 

Foto: Pixabay

0 Comentários

  1. Karen Castro disse:

    Que a graça da nossa mãe Iemanjá renove este filhos que passam o ano inteiro apedrejando nós os irmãos Umbandistas mas que no final do ano utiliza-se das nossas ritualísticas na busca por uma milagre em suas vidas vazias e sem Fé verdadeira.

  2. Danielle D'avila disse:

    Aprendi que o correto é lavar a coroa em 7 ondas.
    Sendo assim, não devemos pular e sim, entrar de cabeça em 7 ondas.
    Nesse rito, cultuamos os 7 Orixás… Oxalá, Xangô, Iemanjá, Ogum, Oxum, Oxossi e Omolú.
    Como Iansã vem junto com Xangô e Abaluaê junto a Omolú, logo estamos saudando 9 orixás.
    Então, não PULE os orixás, lave sua coroa e se renove com a força deles.

  3. Republicou isso em Livraria e Artigos de Fée comentado:
    Recomendamos!

  4. Rosalia disse:

    Faltou o “alguns” nesse título!✌🏼️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.