Todo mundo é Médium?

Todo mundo é médium

Vamos entender uma das principais dúvidas que sempre recebemos: “todo mundo é médium”?.

Examinaremos os diferentes níveis e tipos de mediunidade, especialmente no contexto da Umbanda, e vamos entender como a mediunidade se manifesta de maneira individual e ancestral. Também abordaremos a diferença entre ser um médium ativo e um umbandista, esclarecendo os requisitos para se considerar alguém praticante da religião.

O conceito de médium segundo Allan Kardec

O conceito de médium de acordo com as pesquisas e investigações de Allan Kardec, por volta de 1850, definiu o médium como uma pessoa capaz de fazer comunicação com o mundo espiritual, atuando como intermediário entre o plano material e espiritual.

A definição de Médium por Allan Kardec

Allan Kardec afirmou que todo mundo é médium, baseando-se na premissa de que todo ser humano possui a capacidade de assimilar ideias e influências do mundo espiritual para o mundo material, principalmente por meio da intuição, que ele considerava como uma inspiração do mundo espiritual. Essa visão de Kardec levou à conclusão de que todos possuem mediunidade em algum nível.

Mediunidade ativa e mediunidade de trabalho

No entanto, é importante destacar que, para Kardec, a mediunidade ativa ou de trabalho é aquela em que o médium habilitado coloca em ação suas capacidades mediúnicas, como psicografia, incorporação, pictografia, entre outras, para atuar a serviço do mundo espiritual. Nesse contexto, nem todos possuem essa forma de mediunidade desenvolvida e aperfeiçoada.

A mediunidade ativa e seus diferentes níveis

A mediunidade ativa é uma capacidade que alguns indivíduos possuem de interagir com o mundo espiritual de forma consciente e controlada. Essa habilidade pode se manifestar em diferentes níveis e formas, cada uma com características específicas e requisitos distintos para seu desenvolvimento e aprimoramento.

Os diferentes níveis de mediunidade ativa

A mediunidade ativa pode se expressar em diversos níveis, desde a psicografia consciente, em que o médium tem plena consciência do que está sendo transmitido, até a incorporação mecânica, em que o médium cede o controle de seu corpo para a manifestação espiritual, sem ter consciência do que está ocorrendo.

Esses diferentes níveis exigem treinamento e desenvolvimento específicos para que o médium possa atuar de forma eficaz e segura.

A importância do desenvolvimento responsável da mediunidade ativa

É essencial compreender que a mediunidade ativa demanda um desenvolvimento responsável, baseado no estudo, na prática ética e no amadurecimento espiritual. Cada forma de mediunidade requer um entendimento profundo de suas características e implicações, além de um compromisso com a seriedade e a responsabilidade no seu exercício.

Portanto, é fundamental que os médiuns ativos busquem orientação adequada e se dediquem ao aprimoramento constante de suas habilidades mediúnicas, a fim de contribuir de forma positiva para o bem-estar espiritual e humano.

Os tipos de mediunidade no contexto da Umbanda

Na Umbanda, a mediunidade está intrinsecamente ligada às tradições afro-indígenas, refletindo a herança espiritual e vibratória de cada indivíduo. Vamos explorar os diferentes tipos de mediunidade, especialmente considerando a conexão ancestral e a manifestação individual dessa capacidade sensitiva.

A mediunidade como conexão ancestral

A mediunidade é vista como uma conexão vibratória ancestral, influenciada pelas experiências espirituais e vivências de vidas passadas. Os espíritos que se manifestam, como Caboclos, Pretos Velhos e Exus, são considerados parte da família espiritual do médium, refletindo uma herança espiritual específica.

A individualidade da mediunidade na Umbanda

Cada indivíduo na Umbanda possui uma história espiritual única, o que significa que a mediunidade é uma capacidade individual e não necessariamente compartilhada por todos os membros de uma mesma família biológica.

A manifestação da mediunidade é influenciada pela maturidade espiritual e pelas necessidades do médium em sua jornada terrena.

Entendendo a incorporação na Umbanda

A incorporação na Umbanda pode variar em termos de consciência para o médium. Alguns podem ter uma consciência bastante clara do que está ocorrendo durante a incorporação, enquanto outros podem experimentar níveis mais profundos de inconsciência, onde a entidade atuante assume o controle de forma mais predominante.

Manifestações da incorporação

É importante compreender que a incorporação pode se apresentar de diferentes formas, desde manifestações sutis, como sensações de irradiação e movimentos involuntários, até a plena manifestação da entidade. Essas manifestações podem variar de acordo com a maturidade mediúnica e espiritual do médium.

A importância do desenvolvimento Mediúnico responsável

Para aqueles em desenvolvimento mediúnico, é fundamental buscar orientação adequada e dedicar-se ao estudo e ao aprimoramento de suas habilidades. O entendimento profundo das diferentes manifestações mediúnicas e a prática ética são essenciais para um desenvolvimento responsável da mediunidade ativa na Umbanda.


Participe dos estudos da Nova Teologia da Umbanda

Se você busca orientação, desenvolvimento e condução espiritual, este é o momento perfeito para se juntar a nós. Não perca essa oportunidade de fazer parte de uma comunidade comprometida com o crescimento espiritual e religioso.

Aqui, abordaremos temas como os gestos das entidades, fenômenos da incorporação, significados de desdobramentos mágicos no mundo espiritual e mais. Além disso, teremos a chance de nos aprofundar nas práticas e teorias da mediunidade, com o acompanhamento ativo..

Entre em contato conosco pelo número (14) 99178-3623 para começar esta jornada de conhecimento e aprimoramento espiritual. Esperamos por você!

Rodrigo Queiroz

Filósofo, sacerdote de Umbanda, pesquisador da cultura afro-brasileira, fundador da plataforma Umbanda EAD e diretor da Instituição Ubuntu.

Copidesque: Matheus Gobbi

Assine
nossa news

Ao se inscrever, você concorda que a Umbanda EAD poderá te enviar emails. Você pode se descadastrar a qualquer momento. Política de Privacidade