Por que a beleza é algo tão valorizado dentro do Candomblé?
3 de setembro de 2016
Orixá Orumilá e Oráculo de Ifá
5 de setembro de 2016
Exibir tudo

Fragmentos de Umbanda, por Alexandre Cumino

Simples é o que se vê, complexo é conhecer.

Simples é sentir, complexo é saber.

Simples é amar, complexo é estudar.

Simples é mergulhar, complexo é nadar.

Simples é a vida, complexo é viver.

Simples é rezar, complexo é explicar.

Simples é o que funciona, complexo é o que faz funcionar.

Simples é Deus, complexa é sua perfeição.

Simples é andar, complexo é onde pisar.

Simples é a Umbanda, complexa é a Umbanda.

Assim como é a vida!

É simples para quem que aprender, complexa em sua profundidade. E pode ser ainda complicada nas mentes de pessoas complicadas.

 

Texto retirado do livro Fragmentos de Umbanda, Ed. Madras, Alexandre Cumino.

 

BLOG_LOGO_00000

Cursos com inscrições abertas pelo
www.umbandaead.com.br
e-mail:
[email protected]
[email protected]
Tel (14) 3010-7777
obs: os links desse texto estão sujeitos a alteração em razão da disponibilidade do curso e/ou produto

0 Comentários

  1. mauricio casmurro disse:

    pq vc incorpora em seus estudos, orixás que a umbanda não trabalham????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.