Qual a função do descarrego?

Grande auxiliador para quem se encontra em desequilíbrio, tem o poder de livrar pessoas de condições negativas e reestabelecer a ordem espiritual 

A função do descarrego está na ação de eliminar cargas negativas advindas de influências de espíritos ruins e/ou mau intencionados. Esses espíritos acabam acarretando problemas na vida das pessoas acometidas, tais como, instabilidade emocional, dores físicas, baixa autoestima dentre outros impedimentos.

O trabalho de descarrego nada mais é do que o procedimento de retirada de energias pesadas que acompanham uma pessoa e a troca por cargas boas. Nos trabalhos são utilizados elementos que reagem de acordo com a força dos Orixás e entidades, pelas quais, vai se fazer o pedido pelo fim desses males. Por exemplo em um trabalho para Exu do Ouro, usam-se moedas, afim de evocar o poder dessa força de prosperidade.

O descarrego pode ser feito pelos médiuns ou por alguém que tenha adquirido esses conhecimentos de alguma forma positiva e honesta. No processo, além de elementos, também é usado a estrutura do verbo, que, desencadeado através da oração age executando a ação.

Neste molde, ao utilizar a palavra cortar, é importante que ela seja inserida em um contexto que a pessoa pretende extirpar um mal ou realmente cortá-lo pela raiz. Dentro desse princípio, em que o verbo apropria-se do sentido denotativo da palavra, a escolha dele na oração é  crucial para o sucesso do trabalho.

Banhos com ervas, defumação, troca de energias e orações comumente constituem o processo de descarrego. Esses procedimentos visam melhorar a qualidade de vida de pessoas que se encontram em situações desfavoráveis e em desalinho.

Os rituais independem de crença ou escola religiosa. Criam oportunidade e autonomia a pessoa que precisa e quer realizar um bom trabalho em sua vida ou de outra pessoa, sem a necessidade do mesmo estar ligado a uma instituição religiosa.

Para que e quem?

Livrar pessoas de influências negativas, se esse for o caso. Muitas pessoas atribuem o mal a problemas que são seus, e que em diversas vezes não possuem nenhuma relação com entidades ou espíritos ruins. Por isso, é bom que o descarrego seja feito se for realmente constatado que algum tipo de mal encontrou abertura para criar um situação negativa naquele local ou pessoa.

O sucesso do trabalho depende disto, de se estabelecer um bom senso em separar o mal advindo de influências externas e os cultivados pela própria pessoa. A maioria dos descarregos não vai ter uma contraindicação, porém, como já dito se o mal não for espiritual o trabalho não vai obter ganhos.

O curso Práticas de Descarrego, ministrado pelo sacerdote Jorge Scritori, na plataforma Umbanda EAD dá possibilidade de aprendizado simplificado e rico em conteúdo dessas práticas e em como aplicá-las em determinadas situações. As aulas são divididas em 4 blocos, e em cada um deles é ensinado uma determinado procedimento. Aproveite a oportunidade de ensino gratuito! Acesse o site do www.umbandaead.com.br e se inscreva no curso Práticas de Descarrego. Matrículas até 15/12/2015.

Texto: Júlia Pereira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s