Pós de Encantamento e Patuás

O uso de afoshés e pós encantados é algo quase esquecido na  Umbanda. Antigamente o uso desses pós era relacionado a baixa magia ou magia negra por isso existia um certo receio das pessoas quanto a utilização deles


Pesquisado a tradução literal da palavra afoshé, em idiomas bantus e iorubás você encontra a designação de pó curativo a essa palavra, não existe nada que os relacione a magia negra. Porém, procurando pelo seu oposto, é possível encontrar a palavra Ethu, que se refere a mesma propriedade, o pó magístico, porém com outro caminho.

Os ethus são pós com propriedades malignas, fazem alusão a algo que traz doença, maldição. Esses pós geralmente eram retirados de cemitérios, sanatórios, hospícios e necrotérios, e tinham como intenção a ruína de outra pessoa. A historiografia deles você pode conferir com o Tutor Alexandre Yamazaki, no curso Afoshés Patuás e Talismãs.

aranha
Imagens Umbanda EAD

As aulas vão abordar os recursos para a feitura dos Afoshés, que são os pós com propriedades curativas, e que visam promover a proteção e o bem estar entre as pessoas. Para entender a suas propriedades é necessário ter conhecimento sobre as ervas, pedras, e todos os elementos utilizados na feitura destes, tal como o que não recomenda-se de maneira alguma utilizar-se na confecção.

Os afoshés em si agem como equilibradores do Axé. Na África antiga ele era guardado em chifres e quando necessário eram soprados em ambientes e pessoas, afim de promover a restauração e o restabelecimento do equilíbrio que estivesse em desarmonia.

No universo da manipulação desses pózinhos, você vai encontrar grandes referências em diversas vertentes de tradições, saindo da Umbanda, passando por tradições xamânicas e chegando até o Voodo de News Orleans. Essa rica experiência e cultura adquirida pelo tutor A. Yamazaki deriva de anos de estudos dentro desse panorama. O ensino com qualidade se edifica através de pesquisa e é isso que os tutores do Umbanda EAD se dedicam em fazer. Quer conhecer novas tradições, pensamentos, contextos e perspectivas de mundo? Esvazie sua xícara e participe da nova turma do Afoshés, Patuás e Talismãs.

mesa
Talismãs e Patuás

No curso você também tem a oportunidade de desbravar a cultura do uso de patuás e talismãs, quais os seus significados e como, onde e quando utilizá-los a seu favor. Você usa algum amuleto? A muito o homem faz uso deste tipo de proteção, entenda como essa tradição surgiu e como ela se encontra atualmente.

Quer saber onde nasceu o termo “Quem não pode com mandinga, não carrega patuá“? Essa frase pode ser mais antiga do que você imagina e tem um significado extremamente curioso! Entenda seu significado e qual a relação desta com os temidos negros malês. Não só para o Umbandista Afoshés, Patuás e Talismãs é conhecimento, cultura e história!

 

Texto: Júlia Pereira

Fonte de pesquisa: Conteúdo do curso Afoshés, Patuás e Talismãs 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s